terça-feira, 28 de julho de 2015

Cânticos do Bardo: I

Olhava...
...Olhava a vela refletida!
Pensava...
...Pensava na noite, até então sem senti-la!

No beiral do cálice que vibrava fervoroso... matraqueiro com um maldito goblin!
Apenas olhava... olhava e pensava!

Aquela mão quente!
No ombro que lhe acordava!
O sonho passou... o olhar transcendeu... o frio da noite veio... afiado como uma adaga de vendeta!
Arte: jodeee

sábado, 25 de julho de 2015

Alfabeto Órquico

Como dito no linguajar élfico, o linguajar órquico e a Língua Negra de Mordor foram criadas por J.R.R. Tolkien, porém devido a sua grande dificuldade de interpretação e entendimento lógico (como explicarei abaixo) ela é menos difundida entre os curiosos e estudiosos destas artes.

Tolkien descreve a linguagem como sendo criado por Sauron como uma língua construída para ser a única língua de todos os servos de Mordor, substituindo assim as muitas variedades diferentes de órquico e outros idiomas usados por seus servos. Tolkien descreve a linguagem como existindo em duas formas, as antigas formas "puras" usadas pelo próprio Sauron, o Nazgûl, e os Olog-hai, e a mais "rebaixada" forma utilizada pelos soldados do Barad-dûr no final da terceira era.

PARA O POST COMPLETO, CLIQUE AQUI OU NA ABA "ALFABETO ÓRQUICO" DO MENU.