sábado, 23 de novembro de 2013

Raças & Classes: Bárbaros


Bárbaros eram originalmente chamados todos os povos que viviam em sociedades fora das cidades, geralmente em acampamentos ou aglomerações afastadas da civilização. Praticamente todos os continentes possuíam suas tribos e clãs: de desertos a florestas,  de montanhas a pradarias e além dos mares conhecidos. Eram notados primeiramente por seus hábitos selvagens. Viviam em lutas tribais pelo domínio de tribos rivais e domínios territoriais, onde geralmente não se envolviam nos problemas dos homens, a menos que seu local de existência ou algum membro de seu clã fosse ameaçado. Cada tribo ou clã possuía um líder, e este não era eleito. Qualquer um poderia assumir o comando, desde que em combate singular derrotasse o líder ordinário. Poderiam ser tanto homens quanto mulheres. 


Porém ficaram conhecidos mais tarde por sua honra, quando por uma necessidade ou outra precisavam aliar-se a outros povos na defesa de algum inimigo em comum. São temidos também por sua exímia destreza em batalha, agindo com furor e sem medo. São também Peritos em armas, e mestres tanto em espadas e escudos quanto em armas de duas mãos, uma coisa é certa: Um bárbaro é alguém a ser evitado no furor das batalhas, se você esta contra ele. Geralmente utilizam-se de gritos amedrontadores durante a batalha, que poderiam fazer com que a coragem do mais bravo dos seres abandonasse o corpo deste antes mesmo de uma investida.


Características:
Bárbaros podem ser de várias raças, desde que possuam o tino para a batalha e sejam especialistas em combate corpo-a-corpo. As raças mais comumente favorecidas são anões, humanos e orcs. Podem especializar-se tanto em uma arma, quanto em qualquer estilo de batalha armado, ao exemplo de armas de uma ou duas mãos, escudos, armas de arremesso, etc. 


Possuem corpos robustos, geralmente com muitas cicatrizes das batalhas ou pinturas de guerra, para honrar seu povo ou sua tribo. Embora sejam honrados e fiéis em batalha, bárbaros de tribos diferentes geralmente não se aliam, pelo menos, não sem antes uma disputa singular para a decisão de quem dita as ordens.

Estilo de batalha:
Os bárbaros são geralmente os primeiros a investir contra o inimigo. O verdadeiro estilo "esmagar tudo o quanto antes". Como linha de frente, sua missão é bater o mais ligeiro e mais forte possível, ou "aguentar" a raiva inimiga enquanto algum plano ou magia é preparada na retaguarda por algum aliado de outra classe. 


Especialidades:
Bárbaros não utilizam magia, em quase sua totalidade. Preferem a dedicação ao treino de batalha, ou alguns ainda, preferem confiar no que pode esmagar com força. Embora não utilizem-se da magia, bárbaros são ótimos ferreiros, e geralmente aderem a runas ou adornos protegidos de seus povos para adicionarem melhorias as suas armas e armaduras.

Vantagens: 
-Possuem um grande vigor físico e resistência, sendo muito difícil derrubá-los em combate singular;
-Conseguem lutar com quase qualquer coisa que cause dano e que resista a uma investida contra o inimigo;
-Seus gritos de batalha podem afugentar criaturas coim níveis baixos durante a batalha.

Desvantagens:
-Geralmente são susceptíveis a magias e ataques de longa distância;
-Possuem certa dificuldade em locais fechados devido a sua robusteza;
-Geralmente são megalomaníacos, ou seja, não temem a morte;
-Dificilmente conseguem fazer silêncio para movimentação e ataque de furtividade devido ás armas que carregam em cintos e correntes.



Nota: Esta é uma sessão apenas para alguns conceitos básicos a iniciantes, e procurei aplicar as regras mais gerais a bárbaros. Claro que estas mudam conforme a localidade ou a raça do jogador. Espero que tenham apreciado e deixem suas contribuições nos comentários. Abraço.



Artes: diegogisbertllorens, kaasturovec e Mr__Jack

3 comentários:

  1. Wulfgard Bigorna dos Deuses23 de novembro de 2013 14:05

    resumo da obra: "uma coisa é certa: Um bárbaro é alguém a ser evitado no furor das batalhas, se você esta contra ele".
    Muito bom! rs

    ResponderExcluir
  2. Simplesmente o melhor pergaminho sobre bárbaros de nossa blogosfera; Meus mais sinceros parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Muito obrigado meus nobres amigos, deveras incentivadores os comentários!

    ResponderExcluir